Estabilização Vertebral

Através de exercícios específicos, podemos atuar diretamente em músculos importantes que são responsáveis por estabilizar e proteger a coluna vertebral. Músculos esses como multífidos e transverso do abdômen que compõem o chamado ‘’power house’’, localizado na região abdominal, que quando contraídos isoladamente previnem dores nas costas e o seu fortalecimento protege as estruturas articulares de micro traumas repetitivos, dor recorrente e mudanças degenerativas, funcionando em uma coluna saudável como uma cinta de proteção.

O controle da musulatura do tronco, segundo Kisner e Colby (2003), durante a realização dos exercícios, o terapeuta dirige a atenção do paciente para a posição em que a coluna se encontra e a sensação da contração dos músculos, objetivando a percepção da estabilização da coluna vertebral.
A aplicação da técnica: Em primeiro momento realiza-se um treinamento da estabilização localizada que consiste em contrações isométricas do músculo abdominais e paravertebrais. Em um primeiro estágio, o paciente aprende a contrair o transverso do abdômen e multífdos enquanto realiza atividades alternadas com os membros superiores e depois inferiores.

Em um segundo estágio o paciente aprende a contrair os estabilizadores durante atividades de rotina. Já em uma fase três é incluso a contração de músculos intrínsecos e globais. Para isso contamos com alguns acessórios para específicos.